Testes na Hungria revelarão novas asas dianteiras para 2019

Williams está se preparando para testar versão experimental das novas asas da Fórmula 1 para a próxima temporada

A Fórmula 1 está introduzindo novas regras para as asas dianteiras para a próxima temporada em uma tentativa de melhorar as ultrapassagens.

A asa precisará ser 200 mm mais larga e 25 mm mais profunda que o modelo da atual temporada, enquanto abas superiores e placas finais serão erradicadas.

A Williams e a Force India confirmaram a intenção de testar uma nova asa no teste de dois dias desta semana em Hungaroring.

Se as peças de 2019 forem testadas nesta terça-feira ou na quarta-feira, será a primeira chance de ver um dos novos projetos em ação, mesmo que seja apenas algo experimental.

O diretor técnico da Williams, Paddy Lowe, confirmou que vai testar as peças de desenvolvimento no teste e disse que “provavelmente” utilizaria uma asa de 2019.

“Acho que todos os outros provavelmente farão coisas semelhantes”, disse Lowe. “Nós vamos fazer algumas experiências em torno das regras do próximo ano.”

“É a última oportunidade em certas áreas para fazer isso porque você não pode ter um carro com um conjunto diferente de regras às sextas-feiras.”

f1-hungarian-gp-2018-lance-stroll-williams-fw41-8678385Foto Divulgação

Lowe disse, quando perguntado pelo Motorsport.com, que a prioridade era correlacionar o trabalho na fábrica com o teste real.

A Force India expressou sua intenção de usar as sessões na Hungria para testar algumas peças de 2019 no início deste mês. Uma foto de um projeto de asa dianteira de 2019 da equipe já circulou nas redes sociais.

Andrew Green, diretor técnico da equipe que entrou em administração na semana passada, disse em Hockenheim: “Vamos testar algumas peças na semana após a Hungria, para confirmar a direção que estamos indo e as mudanças no carro que estes regulamentos terão.”

“A asa dianteira é a chave para tudo o que é colocado mais abaixo no carro, então mudar isso é um grande passo.”

“Então, queremos ter certeza de que estamos nos desenvolvendo na direção certa, então estamos trazendo peças para a Hungria apenas para confirmar isso.”

Nem todas as equipes estão em posição ter projetos experimentais.

O diretor técnico da Renault, responsável pelo chassi, Nick Chester disse que a fabricante está avaliando projetos, mas não está pronto para ter um em pista.

“Nós estamos analisando, tivemos alguns no túnel, mas estamos bem longe de ter um pronto”, disse ele.

“Esses conceitos ainda estão se desenvolvendo, então acho que seria muito cedo para nós.”

Por: Scott Mitchell
Co-autor: Edd Straw

Disponível em: br.motorsport.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s